Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Domingo, dia 18 de Julho - portalriomaina@live.com

Geral

A mulher negra e suas contribuições para o Brasil em pauta na Unesc

A mulher negra e suas contribuições para o Brasil em pauta na Unesc

A Unesc vai promover conversas para destacar a importância das mulheres negras no contexto histórico e político brasileiro. Com a temática “Mulheres negras movem o Brasil”, o “Encontro regional de mulheres negras 30 anos: contra o racismo, a violência e pelo bem viver” ocorre neste sábado (21/7), das 14 às 18 horas, na sala 15 do Bloco R1. O evento é aberto ao público.

O encontro comemora o Dia Internacional da Mulher Negra, Latino Americana e Caribenha (25/7). Em todo o país, eventos do gênero vão reunir mais de 300 mil mulheres e abordar assuntos como representatividade, discriminação, preconceito, desigualdade, luta e vitória de mulheres negras frente às dificuldades.

A coordenadora da Secretaria da Diversidade e Políticas de Ações Afirmativas da Unesc, Janaína Damásio Vitório, conta que há 30 anos ocorreu o primeiro encontro entre mulheres negras no Brasil e que na edição de 2018 o objetivo é reunir gerações para compartilharem suas experiências e comemorar suas conquistas. “Vão ser mães, filhas e netas socializando os acontecimentos de suas vidas e valorizando os momentos de conquistas de grandes mulheres. Sempre estivemos aqui, participamos de grandes mudanças no país e queremos mostrar a força e a importância da mulher negra nos movimentos políticos brasileiros”, conta.

Janaína também explica que o evento deste sábado é uma preparação para os encontros estadual e nacional, que ocorrem em setembro e dezembro, respectivamente. “Em Santa Catarina são realizados diversos eventos regionais. Na Unesc vão estar presentes mulheres do Sul catarinense e seus depoimentos socializados no encontro vão ser documentados e levados às próximas etapas, representando a região em nível estadual e nacional”, destaca.

O evento no Sul do Estado é uma realização da Secretaria da Diversidade e da ONG Munmvi (Mulheres Negras Professora Maura Martins Vicencia).

Para cuidar da saúde

Em 28 de julho as mulheres negras vão ter um dia para cuidar da saúde na Unesc. Uma roda de conversa com profissionais da saúde vai debater a atenção, cuidados e a prevenção de doenças.

Secretaria da Diversidade da Unesc


Com o intuito de promover o reconhecimento da diversidade e articular a criação de políticas afirmativas para a construção de uma cultura de paz, a Unesc lançou em junho a Secretaria da Diversidade e Políticas de Ações Afirmativas.

A ideia é fortalecer uma política institucional que articule ações junto ao ensino, a pesquisa e a extensão, a promoção de um diálogo permanente com a comunidade externa e interna sobre a valorização do respeito às diversidades e à cultura de paz. Além de Janaína a Secretaria também é coordenada pela psicóloga Rita Guimarães Dagostim.

Texto: Setor de Comunicação Integrada - Unesc